sábado, 14 de dezembro de 2019

Liga BPI - jornada 11



Antes de começar a análise à jornada da 11, é obrigatório fazer referência ao empate cedido pelo Braga frente à brava equipa da Ovarense. Aquilo que normalmente seria um jogo de clara vitória para a equipa minhota (a Ovarense está a 2 pontos da linha de água), tornou-se num martírio muito por força da capacidade de luta e de resistência da equipa da casa. Estes resultados inusitados, que têm acontecido todas as épocas, acabam por trazer um entusiasmo extra para quem segue a Liga BPI.  

Entramos na última jornada com os 4 primeiros lugares perfeitamente definidos e somente 2 deles poderão ter alteração: o 2º e o 3º lugares. No 1º está seguro o Benfica e em 4º o Futebol Benfica. Sporting e Braga poderão trocar posições, embora isso seja bastante improvável.
Apesar de haver alguns encontros bastante interessantes, as atenções da jornada estão todas viradas para o último jogo a ser disputado, Braga - Benfica, que se realizará no domingo às 16 horas e terá transmissão no Canal 11. Será, portanto, o jogo da jornada. 

Mas vejamos o que há mais a acontecer no virar da Liga BPI.

CA Ouriense vs Sporting CP - mais um jogo difícil para a equipa da casa, que até à jornada passada tinha conseguido 2 vitórias seguidas, que lhe tinham dado o 5º lugar e quase a hipótese de sonhar com o 4º e o acesso à Taça da Liga, mas a deslocação ao Benfica deitou tudo por terra. Amanhã, pelas 14, com transmissão no Canal 11, o Ouriense irá defrontar o Sporting e a probabilidade de perder pontos é bastante grande. O Sporting não vai querer assistir ao jogo de domingo numa posição que não seja a poder lucrar directa ou indirectamente com qualquer que seja o resultado entre Braga e Benfica. E para isso só a vitória lhe interessa. Frente ao Valadares o ás de trunfo chamou-se Hannah Wilkinson, quem irá assumir o golo amanhã? 

C Futebol Benfica vs Estoril Praia - o Fofó ainda não conseguiu somar mais do que 2 vitórias consecutivas, nesta época. Em campo emprestado, no Monte da Galega, com dimensões semelhantes ao do Francisco Lázaro, a equipa de Madalena Gala terá mais dificuldade em sentir o apoio do seu público, que em casa está quase em cima do banco. Em teoria é favorito, já que tem revelado consistência competitiva, devida em parte à mescla quase perfeita de jovens jogadoras com outras bastante experientes. Mas o Estoril vem de dois resultados bastante dilatados e vai querer lutar por um resultado que lhe permita subir um ou dois lugares na tabela. Destaque para Rita Carvalho que fez um poker na ultima jornada e quererá mostrar serviço frente à sua ex-equipa.

Clube de Albergaria vs UR Cadima - a equipa da casa é favorita, embora venha de uma série de resultados menos bons. Precisa de voltar a vencer, para manter alguma margem de segurança em termos classificativos. O Cadima continua a série negra de derrotas, a última vez, e única, que venceu esta época foi na 4ª jornada. Começa a ficar numa posição muito delicada, mas a deslocação a Albergaria não será a mais fácil para recuperar.

A-dos-Francos vs AD Ovarense - como irá a equipa do Oeste reagir à saída do seu treinador? Se o que correu mal foi por questões técnicas, então a saída do treinador peca por tardia. Com quase metade da época feita e zero pontos conquistados, embora não sendo impossível, arrisco a dizer que será muito complicado inverter este caminho de insucesso que o A-dos-Francos tem tido. Recebendo uma Ovarense, que é sempre um adversário difícil, veremos a reacção à chicotada. A Ovarense poderá vir super motivada e fazer um jogo que mostre que o empate frente ao Braga aconteceu também por mérito próprio (aquele golo de Ana Rocha é um monumento), ou deslumbrar-se e menosprezar a equipa visitada. E isso é uma coisa que acontece amiúde no futebol feminino, fruto também de pouca experiência competitiva. 

Valadares Gaia vs CS Marítimo - passadas as dupla jornada mais difícil da primeira volta, o Valadares tem agora oportunidade de recuperar uns lugares na tabela, por onde já andou, diga-se. Com uma prestação muito boa frente ao Sporting, apesar do resultado, a equipa de Mara Vieira é bastante organizada e tem um futebol bastante agradável. Em casa vai lutar pela vitória, como aconteceu na época passada. Mas o Marítimo tem dado boa conta de si e tem-se mantido pelo meio da tabela. Vem de uma vitória expressiva e já demonstrou este ano que vai a todos os campos para ganhar e às vezes consegue, como foi o caso em Ourém e Ovar. Portanto, irá a Valadares para discutir o resultado o que tornará o jogo bastante interessante.

SC Braga vs SL Benfica - domingo às 16 horas todo o futebol feminino vai parar, passe o exagero, para assistir a este jogo. Qualquer jogo entre duas equipas profissionais é sempre motivo de grande interesse, mas este tem algumas particularidades. A primeira, e a que no imediato é a mais importante, tentar perceber como vai o Braga reagir ao empate em Ovar. O Braga tem vindo a mostrar algum quebra na intensidade do seu jogo, o que poderá muito bem ser reflexo do início prematuro da época por força da Liga dos Campeões. Frente ao Benfica não faltará motivação, mas para levar de vencida a equipa da Luz será preciso um pouco mais. Intensidade, concentração, assertividade, tudo ingredientes imprescindíveis para fazer frente ao líder do campeonato. Líder esse que se apresenta com uma folha de serviços imaculada: só vitórias, melhor ataque, melhor defesa, melhor marcadora, uma verdadeira máquina trituradora. No top 10 das marcadoras, num total de 99 golos, o Benfica mete 3 jogadoras que totalizam 40 golos. O Braga tem uma nesse lote com somente 7 golos. As estatísticas valem o que valem e o futebol tem esse lado interessante, e perverso, de que os favoritos, quando se fala de equipas que se equiparam, nem sempre vencem. Esperemos que seja um jogo bem jogado, porque será visto por muita gente e será um grande veículo de promoção da modalidade. De referir, ainda, que o Braga se não vencer praticamente se despede da revalidação do título. Ainda na primeira volta.  

Assim fica completa a apresentação da jornada. Que será bastante emotiva.
Que todas as jogadoras estejam no seu pleno, os treinadores tomem as melhores decisões e as árbitras nem se notem nos jogos.

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#LigaBPI
#Canal11



sábado, 7 de dezembro de 2019

Liga BPI - jornada 10



Entramos para a penúltima jornada, com apenas dois jogos de resultados incertos: o Cadima - Futebol Benfica e o Marítimo - C. Albergaria. A jornada realiza-se sábado, por causa do estágio da selecção nacional, embora dois dos seis jogos se disputem no domingo. Há nesta época um motivo acrescido para que o quarto lugar seja bastante disputado, até ao final da primeira volta: a Taça da Liga. Os quatro primeiros classificados são os felizes contemplados. E ainda só há certezas de três equipas. 
Vamos ver o que poderá acontecer nesta jornada:

AD Ovarense vs SC Braga - jogo desequilibrado, em que a equipa da casa irá marcar passo na sua corrida pela manutenção. À sétima jornada conseguiu fugir do penúltimo lugar, mas a diferença de um ponto para o Cadima não dá sossego. Por seu lado o Braga irá ter um jogo tranquilo, onde não abdicará das suas melhores jogadoras porque precisa de manter a distância para o Benfica, com quem irá medir forças na última jornada desta primeira volta. Ou seja, somente os números do resultado são uma incógnita. Este jogo será ao meio dia, por causa da transmissão no Canal 11.

UR Cadima vs C Futebol Benfica - o Cadima continua numa situação difícil e da qual não será fácil sair. Alguma vantagem em jogar em casa, mas não muita. O Futebol Benfica precisa de vencer para continuar com o quarto lugar seguro e tem equipa para isso. Mas será um jogo em que terá de se esforçar bastante para não ter surpresas, porque a equipa da casa também tem o mesmo objectivo. E se a tabela classificativa mostra uma grande distância entre as duas equipas, sabe-se que no campo às vezes isso não é assim tão notório.

SL Benfica vs CA Ouriense - o ataque do Benfica tem três jogadores nas dez melhores marcadoras e esse trio vale, até agora, trinta e seis golos! Isto para dizer que é praticamente impossível haver um jogo em que o Benfica não marque. E que o Ouriense irá ter uma vida muito difícil. Agora que tinha conseguido chegar ao quinto lugar, depois de algumas oscilações, tem uma dupla jornada em que será muito difícil pontuar: frente a Benfica e Sporting. O Benfica não vai facilitar nada porque a seguir vai a Braga num jogo que poderá relançar o campeonato ou reforçar a sua liderança. 

Sporting CP vs Valadares Gaia - o Sporting não deverá repetir o jogo do fim de semana passado, em que teve algumas dificuldades na concretização, frente ao Albergaria. Com Carolina Mendes a marcar há cinco jogos consecutivos, no último jogo saltou do banco para marcar o golo da vitória, prevê-se que seja uma ameaça à baliza do Valadares. A equipa de Gaia não terá muitas hipóteses de contrariar o favoritismo caseiro. Alguma organização poderá adiar durante algum tempo o domínio e concretização do Sporting, mas mais cedo ou mais tarde o golo para as leoas vai aparecer. 

Estoril Praia vs A-dos Francos - um jogo em que o Estoril é francamente favorito. No jogo passado foi a Filipa Rodrigues, central e capitã estorilista, que salvou a honra do convento. A equipa da linha tem alguma dificuldade em fazer golos e também a isso se deve a sua classificação. O A-dos-Francos tarda em mostrar alguns sinais de recuperação e a cada jornada que passa isso faz com que o caminho da descida seja mais evidente. 

CS Marítimo vs Clube de Albergaria - talvez seja o jogo mais interessante da jornada. Alguma vantagem por jogar em casa, para o Marítimo. Ambas equipas vêm de derrotas, embora a do visitante tenha sido por margem mínima e frente a um candidato ao título. Será bastante renhido e o resultado bastante imprevisível. 

Até agora ainda não houve nenhuma jornada que tivesse um resultado sem golos. Isto diz bem da postura das equipas e é sempre um atractivo para quem se desloca aos campos. 
Saudemos as jogadoras e respectivas equipas técnicas que tornam isso possível!

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#LigaBPI
#Canal11

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Cláudia Neto no Top 100 mundial

Votação promovida pelo "The Guardian"
 para a escolha das melhores futebolistas do mundo inteiro

Não sei se sabem quantas jogadoras federadas existem no mundo inteiro. Eu não sei. Mas sei que serão milhões, distribuídas pelos mais diversos campeonatos, uns mais competitivos do que outros.
Acontece que temos uma portuguesa, Claúdia Neto de seu nome, que actua há 3 épocas numa das melhores equipas europeias (Wolfsburg) e que está entre as 100 melhores jogadoras mundiais pelo 4º ano consecutivo! 100 em milhões, não sei se estão bem a ver...
E esta votação não é feita de forma subjectiva, com fãs e algoritmos à mistura. Não! É feita por gente especializada na modalidade, que avalia com critérios que se restringem à qualidade e desempenho das jogadoras.
Não sou muito apologista do culto individual, mas quando ele merece destaque, tem de ser dado. Atingir esta marca, pela quarta vez consecutiva, tem de significar que para além do muito talento, se trabalha muito para o demonstrar. É preciso ter uma grande capacidade de ultrapassar obstáculos, de lutar pelo que se deseja, para aguentar estar fora do país há tanto tempo e a jogar em países onde o futebol feminino é bastante exigente - a Cláudia só jogou um ano em Portugal, saindo para Espanha, Suécia e Alemanha. Quando se vinga assim em sítios tão diferentes, é porque a capacidade de trabalho está ao nível do talento.
Por tudo isso, por estes números, pelos minutos jogados, pelas internacionalizações, a Cláudia tem um lugar ímpar na história do futebol feminino português.
Lamentavelmente, e à boa maneira portuguesa, por cá quase não houve referências a este feito.
Bem sei que mais vale cair em graça do quer ser engraçada, mas há pessoas e instituições que têm obrigação de agir de forma absolutamente objectiva e saudar todos os que enaltecem o nome de Portugal. Mas talvez seja mais importante sair-se na capa da revista GQ...
Eu sinto muito orgulho em que haja uma futebolista portuguesa nestas circunstâncias. Por isso, muitos parabéns Cláudia, pelas nomeações e por todo esse trajecto que tem vindo a enriquecer o currículo do nosso futebol feminino - ainda que seja conseguido fora de portas.
 
#Top100
#RespondeEmCampo
#WePlayStrong
 

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Liga BPI - jornada 9



Quase a aproximar-se o final da primeira volta e Ouriense e Ovarense tentam, com algum sucesso, aligeirar caminho e subir para lugares mais confortáveis. Principalmente o Ouriense, do qual se espera que esteja sempre do meio da tabela para cima.
Esta jornada tem alguns confrontos directos que poderão alterar a tabela classificativa. Vejamos:

Clube de Albergaria vs Sporting CP - depois da deslocação à Tapadinha, onde o resultado sendo negativo não foi de modo a deixar a equipa de rastos, o Clube de Albergaria vai ter que se ver com outro grande, desta feita o Sporting. Jogo antecipado para sábado, com transmissão no Canal 11 às 14,45 da tarde. Favoritismo para o visitante, naturalmente, mas a equipa da Paula Pinho joga sempre bem contra as equipas grandes. Vamos ver que estratégia utilizará, e se a mesma irá resultar, para travar uma Carolina Mendes de pé quente, que "acordou" à jornada 5 e desde então tem marcado em todos os jogos. O Sporting está bastante motivado e confiante, depois da excelente exibição, segundo a sua treinadora, frente ao Futebol Benfica. 

Valadares Gaia vs SL Benfica - jogo de dificuldade máxima para o Valadares. Apesar de jogar em casa e o seu público ser bastante entusiasta, já por duas vezes foi goleado em casa (com Ouriense e Braga). Frente ao ataque do Benfica irá ter de se concentrar ao máximo e não facilitar. Tem duas jogadoras emprestadas pelo clube visitante, Carlota Cristo e Carolina Vilão, sendo que só a primeira tem jogado com bastante regularidade, embora com desempenho abaixo do esperado - é avançada e só tem quatro golos marcados. O Benfica que se revelou algo perdulário nos dois últimos jogos (seis golos marcados), com a qualidade das suas avançadas poderá muito bem remediar isso já amanhã. 

CA Ouriense vs AD Ovarense - o Ouriense tem navegado entre a sétima e a nona posição, procurando alguma estabilidade que tarda. Alguns resultados inesperados em casa, não ajudaram. Amanhã terá um jogo difícil, mas com grandes possibilidades de vencer. A Ovarense é um adversário duro e está cheia de vontade de conquistar pontos. Qualquer resultado será possível, mas a divisão de pontos até poderá acontecer.

C Futebol Benfica vs CS Marítimo - em igualdade pontual, este jogo será um dos mais interessantes da jornada. Ninguém vai querer perder e o Fofó a jogar em casa tem alguma vantagem. Depois do resultado negativo frente ao Sporting, por números que pesam, Silvia e companhia deverão querer dar resposta positiva e descolar na tabela, já sabendo no momento o resultado do Valadares. Por sua vez o Marítimo, a fazer de novo uma época muito tranquila, também quererá deixar marca no jogo, podendo em caso de vitória ascender a uma mui honroso quarto lugar. Nos pés de Erica Costa poderá estar a resposta. 

Estoril Praia vs UR Cadima - o Estoril está a ter uma época bastante difícil, tendo há poucas jornadas conseguido fugir ao semi contacto com a zona de despromoção. Está difícil da equipa da linha colocar-se num lugar condizente com o seu passado recente, mas este final de primeira volta é favorável a essa recuperação. É favorito frente ao Cadima, que neste regresso ao escalão maior do futebol feminino não está a ser muito feliz. Neste jogo enfrentará muitas dificuldades e se conseguisse um empate seria já um grande feito. Mas não será fácil disso acontecer. 

SC Braga vs A-dos-Francos - um passeio para o Braga, um inferno para o A-dos-Francos. Não há outra forma de caracterizar este jogo. A juntar às dificuldades sentidas até agora, uma deslocação tão longa e o relvado natural com tempo de chuva... não será simpática a vida para as jogadoras do Oeste. O Braga poderá até aproveitar para rodar as jogadoras e ainda assim terá obrigatoriamente um desempenho muito alto. 

Seis jogos onde poderemos ver de tudo, inclusive grandes golos, como tem sido hábito e como foi o caso da "bicicleta" da Laura Luis na última jornada. Vale muito a pena ver futebol feminino!

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#LigaBPI
#Canal11

sábado, 23 de novembro de 2019

Liga BPI - jornada 8



A primeira volta aproxima-se a passos largos do fim e até meio de Dezembro, mais concretamente dia 15, tudo fica fechado, para que as equipas possam gozar as festas de forma tranquila. Pelo menos ao que à Liga BPI diz respeito, já que existe uma eliminatória da Taça de Portugal dia 22 de Dezembro. 
Esta jornada, que começa já hoje, tem alguns confrontos interessantes.

AD Ovarense vs Valadares Gaia - jogo que será muito interessante de seguir, porque a equipa da casa tem estado em crescendo exibicional. Perdeu por margem mínima em casa com o Fofó, num emocionante 3-4, e foi impor um empate a um golo em Albergaria. Não deverá fazer a vida fácil ao Valadares, ainda para mais quando o seu treinador já esteve do outro lado e lá venceu a Supertaça. O Valadares tem as suas armas, mas terá de as usar de forma muito assertiva, para sair de Ovar com a vitória. Um empate talvez não seja de estranhar. 

Sporting CP vs Futebol Benfica - um confronto de duas treinadoras que será bem estimulante de assistir, seja na Academia seja em directo no canal 11. O Sporting vem de uma vitória folgadíssima em Cadima, o Fofó com um endurance de dois jogos anteriores bastante difíceis. Conseguiu manietar durante algum tempo o ataque do Benfica, na jornada passada, e isso pode servir de algum estímulo. Mas o Sporting joga de forma outro tipo de futebol e o facto das características do campo serem diferentes (relvado natural e dimensões maiores) serão mais uma dor de cabeça para a Madalena Gala. Favoritismo total para a equipa da casa, mas algumas dificuldades irão sentir. 

SC Braga vs Estoril Praia - jogo tranquilo para a equipa da casa. Sem ter um ataque avassalador, o Braga tem tido na diversidade das marcadoras a sua imagem de marca, sendo que a Vanessa marca há três jogo consecutivos. Quanto ao Estoril, nem conseguiu saborear a vitória frente ao Marítimo, tendo já este jogo que não deixa grandes hipóteses de sonho. Resta aproveitar para ganhar tarimba frente a uma grande equipa, preparando já o jogo da jornada seguinte que estará mais ao seu alcance, frente ao Cadima.

GD A-dos-Francos vs CA Ouriense - um confronto de "rivais", já que o Ouriense reforçou-se grandemente com jogadoras que eram da equipa visitada. Esse debandar de jogadoras deixou o A-dos-Francos bastante debilitado e esse facto será relembrado o tempo todo. Perante isso, e todas as outras jogadoras que conseguiu contratar, o Ouriense tem claro favoritismo neste jogo. Veremos como conseguirá a jovem equipa da casa reagir a isso e que armas tácticas terá para enfrentar o adversário. O tempo urge e para descolar definitivamente do ultimo lugar terá de conseguir começar a pontuar. 

CS Marítimo vs UR Cadima - tudo faz prever que o Marítimo seja claramente favorito neste confronto. Joga em casa, tem mais pontos, mais golos marcados. No entanto, o Cadima precisa de pontuar, porque foi ultrapassado pela Ovarense e neste momento está na linha de descida. Será difícil fazer frente à equipa da casa, que terá ainda por cima o apoio do seu público, e um empate já seria um excelente resultado. 

SL Benfica vs Clube de Albergaria - primeiro jogo oficial entre as duas equipas, que já se defrontaram num jogo particular quando o Benfica iniciou a preparação na época passada. Favoritismo total para o Benfica, que jogará no seu campo, frente ao seu público. Muitas dificuldades para a equipa da Paula Pinho, mas onde a responsabilidade de vencer está toda no adversário. Jogo para crescer na adversidade e pouco mais. As diferenças de condições são abissais e o Clube de Albergaria tem outros adversários para se preocupar ainda mais, porque será com esses que terá de fazer pela vida e ganhar pontos. 

Finda a jornada, algumas modificações poderão ocorrer na tabela classificativa. 
Mas isso só saberemos depois dos jogos terminarem.
Boa jornada a todos os intervenientes e bons espectáculos a quem assistir aos jogos. 

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#LigaBPI
#Canal11

sábado, 16 de novembro de 2019

Liga BPI - jornada 7




Após uma paragem para compromissos da selecção nacional A, que empatou a um golo frente à Finlândia num jogo de enorme qualidade da nossa equipa, eis que regressa a Liga BPI. 
Já atingimos o primeiro quarto da prova e as coisas continuam revelar-se complicadas para o A-dos-Francos, sendo que mais três equipas também não estão com vida fácil. Vejamos:

C Futebol Benfica vs SL Benfica - o duelo de Benfica abre a jornada, domingo às 11 da manhã. Imperativos de transmissão trazem estes horários difíceis para as equipas que não são profissionais e que treinam sempre à noite. Como se já não bastasse a dificuldade do jogo em si, porque invariavelmente são contra uma das equipas profissionais. Nos entanto, ainda nenhuma treinador se queixou disso, numa atitude que devemos enaltecer. Todos querem ajudar ao espectáculo e aceitam as contingências como o caminho do crescimento. Para este jogo, a treinadora do Fofó não pode contar com a central Inês Salvador (expulsa na última jornada), o que acresce as dores de cabeça. Um jogo bastante duro para a equipa da casa, embora a experiência de algumas jogadoras como Sílvia, Andreia e Edite possa ajudar à manutenção de um esquema táctico que vá criando dificuldades ao poderoso Benfica. Os grandes têm passado sempre à tangente no Francisco Lázaro, mas o ataque do Benfica é de longe o mais forte que já existiu na Liga BPI e mais cedo ou mais tarde inaugurará o marcador. 

CA Ouriense vs SC Braga - o Ouriense já desperdiçou uma série de pontos (dez em seis jornadas) e ainda não jogou com nenhum dos grandes. Recebe o Braga num jogo que não ajuda nada à recuperação exibicional que tem vindo a ser adiada sucessivamente. Embora, neste jogo não haja grandes responsabilidades para a equipa da casa, já que o Braga é claramente favorito e tem, dada a sua condição de equipa profissional, obrigação de conquistar os três pontos. E não há grandes dúvidas de que o fará sem dificuldade, por ter jogadoras com muita qualidade. Um jogo que se prevê de sentido quase único. 

UR Cadima vs Sporting CP - neste seu regresso à Liga BPI o Cadima tem procurado afincadamente conquistar pontos que mais tarde lhe garantam a permanência. É o que podemos deduzir de uma equipa que tem um ataque superior a quatro dos seus adversários. Mas os pontos é que não são muitos, embora seis deles tenham sido perdidos com Benfica e Braga. Amanhã não os irá recuperar, certamente, porque o Sporting vai com objectivo definido de não ceder pontos até voltar a encontrar os seus adversários directos. Jogo portanto bastante desequilibrado e que se houvesse totobola seria um três de caras. Mas com a dificuldade também se cresce e as jogadoras do Cadima podem aproveitar jogar contra algumas das melhoras jogadoras a evoluir em Portugal crescer com isso.

GD Estoril Praia vs CS Marítimo - na jornada que antecede a deslocação a Braga, o Estoril tem de pontuar em casa frente ao Marítimo, sob pena de cair ainda mais fundo na tabela. Está difícil do Estoril arribar e a sua fraca prestação ofensiva não augura grandes facilidades para o amanhã. O Marítimo está de novo a fazer um campeonato muito interessante, tendo em Érica Costa uma marcadora que faz alguns estragos. Será um jogo bastante interessante, diria que bem jogado porque individualmente há boas jogadoras em ambas equipas, e cujo resultado apesar de tudo pode cair para as duas equipas. 

Clube de Albergaria vs AD Ovarense - a equipa da casa tem alternado entre a derrota e a vitória, sistematicamente. Por essa lógica, amanhã seria dia de perder, mas isso são só números e estatísticas. Jogando em casa e depois do resultado robusto em A-dos-Francos, a moral da equipa deverá estar em alta e a não querer ceder pontos. A Ovarense é que não deverá estar na disposição de entregar o jogo de forma ligeira, depois do que se viu frente ao Futebol Benfica. A sua jogadora Beta só ainda não marcou em um jogo e isso revela bem o espírito da equipa. Jogo que será bastante renhido e de resultado a pender para a equipa da casa, mas não muito. 

Valadares Gaia vs A-dos-Francos - o Valadares quer ganhar, para alcançar o Futebol Benfica na tabela. Não será um jogo de grande dificuldade, por aquilo que o A-dos-Francos nos mostrou até agora. Uma equipa com claras dificuldades tanto físicas como tácticas, irá ao norte tentar fazer o seu melhor, mas a equipa de Mara Vieira é claramente favorita. 

Nesta jornada teremos mais uma transmissão do Canal 11, neste caso no primeiro jogo da jornada, Futebol Benfica frente ao vizinho Benfica. De todas as transmissões tem havido sempre bons jogos, mesmo quando o desnível entre as equipas é evidente. Toda a gente quer aproveitar a montra para mostrar os seus dotes, sejam as equipas no seu todo, sejam as jogadoras individualmente ou mesmo os treinadores, apostando num jogo aberto sem e livre de amarras. É assim que se promove a modalidade e as suas intervenientes. 

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#LigaBPI
#Canal11



quinta-feira, 7 de novembro de 2019

O futebol feminino está de luto...




... e (quase) ninguém deu por isso!

(Anteontem, fui sacudida pela notícia da morte da Júlia. 
Nunca contamos com a morte, muito menos quando ela acontece em alguém da nossa geração, ou próxima.
Ainda tentei adiar e negar a sensação, colocando questões que ajudassem a identificar e que, neste caso, me trouxessem uma resposta negativa.  
- A Júlia, que jogou no União de Coimbra, a médica? - que sim, essa mesmo.)

A Júlia Fernandes foi, a par da sua irmã Lurdes, uma das mulheres mais importantes do futebol feminino português. Juntas fundaram a equipa de futebol do União de Coimbra, nos meados dos anos 70, pioneira do futebol feminino, juntamente com o Boavista Futebol Clube. 
Uma parte da História já começa a desaparecer e nada tem sido feito para a preservar e dar a conhecer. 
Se hoje andamos a discutir quadros competitivos, escalões, selecções, foi porque mulheres como estas, desassombradas e de personalidade forte, ousaram bater à porta desse bastião masculino que era o futebol. 
A maioria de vós, que se interessa pela modalidade nos tempos que correm, não saberá o que era Portugal nesse tempo, recém saído das trevas da ditadura. Mas era um país pobre e de mentalidade tacanha. Fazer vingar o futebol feminino foi um feito maior do que o apuramento para o Europeu, acreditem. 
A Júlia Fernandes, uma das alma mater do futebol feminino português, já desapareceu. E a maioria das pessoas nem sabia que ela existia. 
A Fátima Azevedo, um dos baluartes da história do Boavista, também já desapareceu. Quantos sabem da sua importância na História?
Poucos. E porquê?
Porque a História precisa de ser contada: por escrito, oralmente, em fotografias, em vídeos, palestras, programas de televisão, tudo e mais alguma coisa. 
Porque é a memória que nos mantém vivos e humanos. 

O futebol feminino está de luto e (quase) ninguém deu por isso!

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Liga BPI - jornada 6

imagem FPF

Na jornada passada ganharam os que eram favoritos e ainda tivemos dois resultados surpresa, para animar a prova. A Ovarense conseguiu os primeiros pontos em Cadima e o Ouriense voltou a surpreender, desta vez pela positiva, impondo um resultado bastante pesado ao Valadares, em casa deste. Grandes desafios esperam estas três equipas nesta jornada e a mais algumas. Vejamos:

Sporting CP x CS Marítimo - em casa o Sporting é sempre favorito e este jogo não será excepção. Apesar de não ser uma equipa muito concretizadora, os seus golos são repartidos por muitas jogadoras, não tendo ainda ninguém a assumir-se como matadora da equipa - isto, apesar da Hannah Wilkinson ter 4 golos, sendo que 3 foram marcados num jogo e na jornada passada ter começado o jogo no banco. O Marítimo vem de uma derrota que se pode dizer que era esperada (frente ao Benfica) e vai querer dificultar a tarefa às leoas. É uma equipa muito determinada e só ainda não marcou golos frente ao Benfica. Vai abrilhantar o espectáculo, certamente, apesar das dificuldades.

AD Ovarense x C Futebol Benfica - entusiasmada pela vitória fora, a primeira desta Liga e pelo excelente golo de Beta (que ainda só não marcou numa jornada, no jogo frente ao Benfica), a Ovarense vai fazer tudo para continuar a pontuar e quem sabe vencer. É tradicionalmente uma equipa difícil, por ser muito lutadora e não entregar o jogo de mão beijada. O Futebol Benfica vem de uma vitória fácil, frente ao último, onde não contou com o contributo da Sílvia e da Edite. Para este jogo já deverão estar aptas e certamente irão querer manter a senda vitoriosa, no regresso a "casa" da Sara Granja. O que não acontecerá, quase de certeza, é o resultado da época passada, que terminou 2-6 para as lisboetas. Jogo bastante interessante de se ver.

SC Braga x Valadares Gaia - o treinador do Braga antecipou um jogo difícil, o que talvez aconteça. O Valadares tem uma equipa muito bem organizada, mas a derrota pesada em casa frente ao Ouriense pode ter deixado marcas. O Braga é uma equipa fortíssima e a jogar em casa, em campo relvado, nunca é fácil de enfrentar. E para manterem as aspirações, legítimas já que são o campeão em título, têm de vencer estes jogos. O Valadares poderá aproveitar algum deslize para se fazer notar e apresentar um futebol consistente, que ajude ao espectáculo.

SL Benfica x UR Cadima - mais um jogo para o Benfica passear o seu ataque. Forças diametralmente opostas, numa disputa desequilibrada e sem muita história para contar. Só não se sabe por quantos é que vencerá. É que por cada golo que o Cadima marca, o Benfica marca 4,6. Será um jogo muito difícil para a equipa da zona centro, nada adequado para recuperar da derrota em casa na última jornada. Se conseguir manter alguma identidade, poderá sair da Tapadinha de cabeça levantada, seja qual for o resultado. 

A-dos-Francos x Clube de Albergaria - jogando em casa, num campo que não é muito grande, o A-dos-Francos poderá ter aqui um jogo para tentar pontuar. O jogo com o Fofó foi muito difícil e revelou uma equipa muito debilitada fisicamente. Pela frente terá o Albergaria, que no seu percurso desta época mostra que após uma derrota, vem uma vitória. Em princípio, apesar do factor casa, algum favoritismo recai sobre a equipa visitante, mas qualquer resultado será esperado. 

CA Ouriense x GD Estoril Praia - quase apetece dizer que se o jogo fosse fora, o Ouriense vencia sem margem para dúvidas. Agora em casa, a situação é mais crítica. Onde tradicionalmente era muito forte, esta época a bola queima no campo da Caridade. Alguma coisa falta acertar, porque o conjunto de jogadoras é bastante bom e reforçado. No entanto, após a vitória retumbante em Valadares (2-5), a equipa poderá ter encontrado o seu caminho. Pela frente terá um Estoril a desesperar por pontos, à semelhança da mesma altura na época passada, sendo que já jogou com Benfica e Sporting, com quem é sempre difícil pontuar. Será muito difícil, neste jogo, acrescentar pontos aos 3 que traz na bagagem, mas possui jogadoras com qualidade e experiência para pelo menos discutir o jogo. 

Com a jornada dividida entre sábado e domingo, há muitos e bons jogos para assistir. À 5ª jornada e com 30 jogos disputados, somente um empate registado revela bem de que tipo de futebol estamos a falar: nunca desilude.

#RespondeEmCampo
#LigaBPI
#DeixaJogar 









sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Liga BPI - jornada 5


Vamos para a quinta jornada, com apenas uma equipa cem por cento vitoriosa: o Benfica. Se dúvidas houvesse quanto ao poderio da equipa encarnada, o jogo frente ao rival acabou com todas. Um Sporting de menos, é verdade, mas fica o desafio de como travar esta equipa. O jogo em Braga, mesmo antes do Natal, irá ajudar a esclarecer. 
Para esta jornada ambos têm jogos mais fáceis, mas há confrontos em que o resultado não será tão óbvio. Vejamos:


GD Estoril Praia vs Sporting CP - início de época difícil para o Estoril. Até começou bem, ganhando o primeiro jogo em casa, mas depois foi perder em Albergaria e Valadares. A derrota com o Benfica não deslustra, sendo que o Sporting não seria o adversário mais desejado para tentar recuperar pontos. Da parte do Sporting, é um jogo em que tem obrigatoriamente de ganhar, porque é o que se espera de uma equipa que é profissional, mas também porque após o desaire com o Benfica, não pode dar-se ao luxo de perder pontos com equipas de "outro" campeonato. Jogo antecipado para sábado, às 15,45. 

CS Marítimo vs SL Benfica - este Marítimo continua a senda da época passada: surpreender. Só tem uma derrota, em Braga, e já foi vencer dois jogos fora (Ouriense e Ovarense). Nove pontos conquistados, uma jogadora nas quatro melhores marcadoras, um registo bastante interessante, se atendermos ao facto de que se trata de uma equipa de uma ilha. No entanto, o Benfica não deve ir à Madeira fazer turismo e o seu caudal ofensivo irá fazer mais uma vítima, sem dúvida. O que poderá acontecer é que o primeiro golo seja retardado o mais possível, pelas insulares, mas acontecerá mais dedo ou mais tarde. Uma oportunidade para o Marítimo mostrar se está preparado para voos mais altos.

C Futebol Benfica vs GDC A-dos-Francos - o Fofó começou bastante bem esta época, mas acabou por ceder uma derrota em casa com um adversário directo. Na jornada passada foi a Braga e apesar do resultado, fez um jogo bastante interessante. Frente ao último classificado, tem obrigação de vencer. O A-dos-Francos, apesar de ainda não ter pontuado, tem vindo aos poucos respirar à tona, com os quatro golos apontados pela jogadora Ashley Maza a darem alguma esperança de recuperação. Para este jogo tem duas jogadoras impedidas, por expulsão no último jogo. Num plantel que não é muito forte, poderá fazer alguma diferença.Terá muita dificuldade em contrariar o Futebol Benfica, ainda para mais quando o jogo é no Campo Conde Sucena, em Sintra, com dimensões maiores do que o que estão habituadas a jogar em casa. 

UR Cadima vs AD Ovarense - o Cadima vem de uma vitória expressiva, em que a sua jogadora mais conhecida, a internacional sub/19 Luana Marques, marcou quatro golos e ainda saiu a dez minutos do final do jogo. Está portanto com alguma dinâmica de vitória, mas a Ovarense precisa desesperadamente de pontuar, sob pena de o seu destino começar a ficar traçado. Embora nestas quatro derrotas, duas delas são amplamente esperadas: com Benfica e Sporting. Apesar de ser difícil, a deslocação a Cadima poderá servir de motivação para a recuperação.

Clube de Albergaria vs SC Braga - uma vitória em casa do Ouriense na última jornada, dá algum alento para encarar o jogo com o Braga. Estes jogos são sempre muito difíceis para as equipas não profissionais. O favoritismo está toda na equipa adversária e tentar manter os princípios de jogo e alguma identidade, poderão ser pontos bastante fortes de motivação. O Braga terá mais um jogo para vencer, a sua condição profissional assim o exige.

Valadares Gaia FC vs CA Ouriense - tirando o deslize em casa frente ao Futebol Benfica, o Valadares tem tido um desempenho imaculado. Três vitórias nos restantes jogos e um registo de oito golos marcados, distribuídos por várias jogadoras. Frente ao Ouriense é favorito, mas precisa de se manter concentrado e trabalhador. A equipa do Ouriense tem tido um percurso bastante acidentado, com três jogos em casa onde o melhor que conseguiu foi um empate, sendo que depois foi vencer ao Fofó. Não terá um jogo fácil, mas tem de fazer pela vida frente às equipas de sua igualha, porque ainda tem de jogar com as três grandes.

Alguns jogos interessantes marcam esta jornada e continuamos a desejar que os campos onde evoluem jogadoras de futebol estejam preenchidos com gente que as apoia e incentiva. O futebol também faz muito sentido por causa do público adepto. 








sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Liga BPI - emoção do derby




Nesta 4ª jornada as atenções estão todas viradas para o derby Benfica - Sporting, que será jogado no Estádio da Luz. Antecipado para sábado às 17 horas, terá transmissão no Canal 11, podendo chegar assim a quase toda a gente.
Mas outros duelos bem interessantes terão lugar. Vejamos todos um por um.

SL Benfica vs Sporting CP - o jogo de todas as atenções, entre os rivais mais históricos e mediáticos de Portugal. Um Benfica com uma frente de ataque poderosíssima, criatividade e emoção à solta, um Sporting mais cerebral, mas igualmente talentoso, é grosso modo o perfil de cada equipa. Ninguém arrisca a fazer previsões, porque qualquer resultado poderá acontecer. O que seria desejável, para deixar toda a gente rendida de uma vez por todas, é que fosse um jogo bem aberto, jogado olhos nos olhos e sem grandes amarras defensivas - à semelhança do que foi o jogo de juniores no sábado passado. Mas a responsabilidade é maior e poderemos não ter essa postura deliberada. Um record de assistências a ser batido e para todas as jogadoras o imenso prazer de poder jogar num estádio "a sério". Que toda a gente que vá assistir ao jogo se comporte à altura do talento e postura das jogadoras.

SC Braga vs Futebol Benfica - o Braga vai jogar já depois de conhecer o resultado dos rivais, o que não condicionando o objectivo para o jogo (tem obrigação de vencer o Futebol Benfica), poderá ter algum alento extra em caso de não vitória do Sporting. Pela frente terá uma equipa que quererá recuperar a derrota da jornada passada, em casa frente ao Clube de Albergaria. No limite uma boa exibição poderá ser um bom tónico para o Fofó, porque o Braga é muito forte e não vai querer ceder pontos em sua casa.

A-dos-Francos vs UR Cadima - poderá ser o jogo ideal para a equipa da casa dar uma sapatada na crise e, quem sabe, pontuar. Apesar de terem perdido na Madeira, fizeram dois golos, o que deixa algumas boas perspectivas. O Cadima já foi roubar pontos a Ourém, o que revela que tem uma equipa atrevida e com vontade de disputar os jogos mesmo em casa do adversário. Jogo que pode pender um pouco para a equipa da casa, mas qualquer resultado será possível.

AD Ovarense vs CS Marítimo - a Ovarense a precisar de pontos, para não estagnar nos lugares de descida. Jogo bastante difícil, já que o Marítimo está com uma dinâmica muito forte, com nove golos marcados em três jogos. Com algum favoritismo, mas se não se aplicar poderá cair perante a equipa da casa.

Valadares Gaia vs Estoril Praia - favoritismo para a equipa da casa, que bateu fora o Clube de Albergaria de forma concludente. Apesar de na época passada ter sido surpreendido em casa, não parece que isso vá acontecer este ano, porque a equipa está bastante reforçada. O Estoril só tem uma vitória e terá nesta deslocação vida difícil.

CA Ouriense vs Clube de Albergaria - com uma vitória fora na jornada anterior, o Ouriense será um adversário muito difícil de bater agora em casa. O Clube de Albergaria por seu lado vem de uma derrota em casa. Jogo que será muito dividido, mas com vantagem da equipa da casa, que se reforçou muito.

Vai ser um fim de semana recheado de incertezas, o que aumenta e muito o interesse na Liga BPI.
Esperamos um público animado, mas respeitador das jogadoras que estão em campo.

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#WePlayStrong
#LigaBPI

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Benfica x Sporting - importante dar o exemplo


O derby do próximo sábado a contar para a 4ª jornada da Liga BPI, entre Benfica e Sporting, na verdade começou uma semana antes com a Liga de Juniores.
Um jogo verdadeiramente incrível, cheio de futebol bem jogado e jogadoras com talento a rodos, onde só faltaram os golos. Mas ninguém se iluda que o empate a zero foi sinónimo de jogo entediante. Uma das características do futebol feminino é que ninguém joga para empatar e mesmo quando não há golos, a emoção prevalece.
Se o jogo de sábado for tão aberto e tão bem jogado como o das juniores, teremos certamente meio Portugal rendido ao futebol feminino.
As bancadas estavam bem preenchidas e o comportamento do público foi exemplar - cânticos de cada lado, palmas, mãos na cabeça, oh e ahs de cada vez que se falhava a baliza.
- Um verdadeiro exemplo de como ver futebol contra o maior rival, dignificando o desporto e as jogadoras. -
A ajudar a que esse exemplo fosse uma coisa prática, estiveram as jogadoras de ambos clubes dos escalões inferiores ou/e até algumas que não foram convocadas.
Muitas já foram colegas de equipa tanto em clubes como nas selecções e mantêm relações de amizade que não se conspurcam com as clubites doentias.
É essa imagem de camaradagem, de luta por um ideal que acaba por ser semelhante - a visibilidade e o atingir o topo - que é importante passar para o futebol.
Benfica e Sporting têm responsabilidades acrescidas na promoção do desporto.
E se já perderam a mão no masculino, por culpa própria e das circunstâncias, ao menos que o futebol feminino sirva para voltarmos a agir como pessoas civilizadas quando estamos nas bancadas de um campo de futebol.
O derby de sábado será jogado no Estádio da Luz, depois do Sporting já ter feito dois jogos no seu estádio principal e o Braga ter jogado a Champions na Pedreira.
É assim que se valoriza o futebol feminino - sempre que possível dar-lhe as melhores condições para se mostrarem ao mundo - sim, o futebol feminino está com os holofotes do mundo virados para si e quando se decidem fazer jogos nestes palcos, toda a gente fala disso.
Para além da possibilidade de se bater o record de presenças num jogo em Portugal - que aconteceu no jogo por Moçambique - o que seria uma coisa fantástica, a juntar a isso se o comportamento do público for semelhante ao desse jogo será maravilhoso.
E começaremos sim, a fazer história!
Pelo exemplo!

sábado, 12 de outubro de 2019

Liga BPI 2019/2020 - 3ª jornada



Após três semanas de interregno, volta a emoção ao futebol feminino com o regresso da Liga BPI. 
Dois jogos a serem transmitidos no Canal 11, prova de que a promoção à modalidade veio para ficar.

Estoril Praia vs SL Benfica - o primeiro jogo a ser transmitido, sábado às 11 da manhã. Deslocação breve do Benfica, a meia dúzia de quilómetros de casa. Jogo bastante difícil para o Estoril, apesar das suas aspirações em igualar ou melhorar a classificação da época passada. O ataque do Benfica é muito complicado de travar e a hora do jogo não irá beneficiar a equipa da casa que não tem rotina sequer de treino a essa hora. Por seu lado o Benfica irá querer manter o seu registo vitorioso intocável, na jornada que antecede o grande confronto com o Sporting. Mais cedo ou mais tarde irá inaugurar o marcador e tornar fácil a tarefa. 

UR Cadima vs SC Braga - o segundo jogo a ter transmissão no Canal 11, domingo ao meio dia. O Cadima já conseguiu pontuar, mas não terá tarefa fácil. O Braga é uma equipa que leva muito a sério os adversários que não são profissionais e esse respeito invariavelmente tem resultados positivos. Domingo será uma questão de números, porque os três pontos irão para o Minho, sem dúvida.

Clube de Albergaria vs Valadares Gaia - confronto de iguais, ambas equipas com três pontos e ambas perderam com o mesmo adversário: o Futebol Benfica. Duas treinadoras ao leme, que se conhecem bem e que sabem que estes jogos poderão ter desfecho favorável imprevisível. Melhor reforçado o Valadares, mas só quando a bola começar a rolar isso poderá ser uma realidade. Jogo para tripla, se houvesse totobola. 

Futebol Benfica vs CA Ouriense - já um clássico do futebol feminino português. Na pré-época o Fofó foi a Ourém perder por 3-1, mas desde que começou a competição a sério, o Ouriense não conseguiu ainda materializar aquele ascendente. Uma derrota e um empate, ambos em casa, são um registo que não deveria estar nem nas piores previsões, já que investiu bastante no reforço da equipa. O jogo de domingo será bastante difícil já que o Futebol Benfica irá querer manter a dinâmica vitoriosa, antes da difícil deslocação a Braga na jornada seguinte. Não obstante todas estas circunstâncias, o jogo poderá ter qualquer desfecho. 

CS Marítimo vs GDC A-dos-Francos - jogo claramente favorável para a equipa da casa, que já foi vencer a Ourém. Tem em Telma Encarnação o seu grande trunfo, com dois golos marcados, um em cada jornada, sendo que o segundo foi ao Braga. Veremos como se apresenta o A-dos-Francos após esta longa paragem, mas não deverá ser suficiente para se impôr ao Marítimo.

Sporting CP vs AD Ovarense - mais um jogo daqueles em que a responsabilidade está claramente toda de um lado - neste caso do Sporting - e em que a outra equipa poderá tentar fazer o melhor possível e crescer no confronto directo com algumas das melhores jogadoras portuguesas. Jogo sem grande história que se fará de muitos golos, certamente. 

Que a jornada decorra de forma tranquila e com rivalidade saudável.

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#WePlayStrong

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Liga BPI 2019/2020 - 2ª jornada



Cumprida a primeira jornada, a Liga BPI mantém o mesmo registo da época passada: golos para todos os gostos e em todos os jogos. Todos os jogos tiveram três golos, exceptuando o Benfica que esmagou o A-dos-Francos por 24-0, um resultado que merece uma reflexão profunda sobre como aperfeiçoar a participação nesta Liga BPI. Esta disparidade não serve os interesses da modalidade, não é boa para as jogadoras e só alguns fanáticos ainda rejubilam com este tipo de resultados. Braga e Sporting como que ficam "obrigados" a jogar para obter um resultado semelhante, não vá dar-se o caso de todos terminarem empatados em pontos e resultados entre si. Seria inédito, mas só porque nunca aconteceu, não significa que não possa acontecer. 
Vejamos os confrontos para a jornada 2:

Valadares vs Futebol Benfica - um clássico conhecido pelo equilíbrio entre as forças, embora a história dê vantagem ao Futebol Benfica. Mas a história não joga e neste jogo, antecipado para amanhã, o Valadares talvez tenha algum favoritismo. Joga em casa, reforçou-se bem e o Fofó terá pela frente um grande desafio. Será certamente um jogo bastante interessante de se acompanhar e sem resultado certo.

Braga vs Marítimo - depois da derrota frente ao Sporting, o Braga não pode dar mais folga nos resultados desta Liga. De qualquer modo o Marítimo não tem equipa para afrontar as bracarenses em casa, já que as condições são díspares. Um jogo perfeitamente tranquilo, com vitória da equipa da casa e as insulares poderão aproveitar para evoluir mais um pouco, porque é na dificuldade que se cresce. 

Ovarense vs Benfica - mais um jogo desnivelado. Uma Ovarense que perdeu na primeira jornada e o mais que poderá almejar é adiar a inauguração do marcador. No entanto não deverá ser por muito tempo, já que o Benfica tem uma frente de ataque que põe em sentido toda e qualquer equipa. Este jogo será transmitido pelo Canal 11.

Clube de Albergaria vs Estoril Praia - um empate na época passada, pode muito bem repetir-se este ano. Embora o Estoril seja sempre uma equipa muito ofensiva, as da casa não quererão abdicar de pontuar. Jogo que, ainda assim, poderá ter qualquer desfecho, tal a imprevisibilidade de comportamento de ambas equipas.

Ouriense vs Cadima - o Ouriense não começou da melhor forma a Liga, já que se deixou surpreender pelo Marítimo, perdendo por 1-2. Não estaria nos seus planos, certamente, visto que fez algum investimento reforçando a equipa com jogadoras bastante experientes e algumas estrangeiras. Pela frente terá um Cadima recém-promovido e igualmente com uma derrota. Apesar da muito boa vontade deste, o Ouriense é claramente favorito.

A-dos-Francos vs Sporting - não é de todo o jogo ideal para o A-dos-Francos recuperar do desaire frente ao Benfica. Será um jogo sem história e a única incógnita é saber se a treinadora do Sporting mandará as suas jogadoras carregar sem dó nem piedade para se aproximar do goal-average do Benfica, ou se aproveitará para ver outras jogadoras em acção. De qualquer modo, o Sporting será sempre um adversário mortífero. 

Uma boa jornada cheia de correcção e fair-play, nunca é demais desejar.

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#WePlayStrong

domingo, 15 de setembro de 2019

Liga BPI - o arranque de uma nova época



A Liga BPI está de volta e com ela a emoção de voltarmos a ver a maior competição portuguesa de futebol feminino em acção.

Teremos algumas novidades neste regresso. O Canal 11 (canal televisivo da FPF) vai transmitir semanalmente um jogo, começando já com o Sporting-Braga na segunda-feira dia 16 às 17,30. A propósito deste jogo, muita indignação por parte de alguns adeptos sportinguistas, pela data e hora escolhidas. Há regulamentos e seria importante que, antes de se falar das coisas, houvesse vontade em se saber os motivos. O Braga jogou na quinta-feira à noite para a Uefa Women's Champions League, logo o jogo com o Sporting só poderia ser 72 horas após. E como este jogo foi o escolhido para ser transmitido, tem de haver alguma disponibilidade por parte dos clubes para aceitar as datas e as horas. Estamos noutro patamar do futebol feminino e é importante que os adeptos estejam a par destas novidades e as aceitem, embora possam não concordar com elas. 

A outra novidade será o ingresso do Benfica na Liga BPI. Após ser campeão da 2ª Divisão, ter vencido a Taça de Portugal e ter entrado nesta época a ganhar o primeiro título em disputa, a Supertaça, o que mais poderemos esperar? Mais um clube a disputar títulos, maior indefinição quanto à classificação e uma competição mais rica e com mais argumentos para se divulgada e promovida - coisa que, reconheça-se, o Benfica tem feito de forma impecável. 

Ora então vejamos o que nos reserva a primeira jornada.

Ouriense vs Marítimo - a inversão da ordem dos jogos vai permitir ao Ouriense começar a Liga com o mesmo jogo com que terminou a época passada. Não deverá querer repetir o resultado, visto que perdeu por 1-4. Com bastantes reforços e novo treinador, é favorito. No entanto, o Marítimo é uma equipa que não vira a cara à luta e é sempre um adversário imprevisível. Jogo bastante interessante.

Cadima vs Valadares Gaia - recém promovido à Liga BPI, após uma época, o Cadima vai querer ganhar o seu espaço para assegurar a manutenção. Não será um jogo fácil, visto que o Valadares está muito reforçado. Mesmo tendo perdido algumas jogadoras fundamentais (entre elas o seu esteio na baliza, Neide Simões, que deixou de jogar), foi buscar jogadoras estrangeiras que se supõe tenham já qualidade para fazerem a diferença. Jogando fora, ainda assim é favorito.

Futebol Benfica vs Clube de Albergaria - depois de uma época muito boa, o Fofó enfrenta o grande desafio de voltar a montar uma equipa que possa estar à altura do terceiro lugar conquistado. A saída de Sofia Nunes, Mafalda Marujo e Andreia Veiga foram uma total surpresa. Não serão jogadoras insubstituíveis, porque ninguém o é, mas a sua substituição não será fácil. Tendo alguns reforços vindos do Sporting, no entanto o maior deles todos é o regresso de Edite Fernandes à competição. Veremos como se vai comportar a equipa amanhã, já que na época passada o único jogo que perdeu para os seus pares, foi com o adversário de amanhã. O Clube de Albergaria é sempre aquela equipa capaz de qualquer resultado em casa dos adversários. Perderam a sua melhor marcadora, mas com os reforços conseguidos irão certamente jogar para dificultar a vida e procurar ganhar pontos.

Benfica vs A-dos-Francos - uma pera doce este início de campeonato para o recém vencedor da Supertaça. Com uma equipa fortíssima, reforçada com duas jogadoras que já brilharam na semana passada - Nicole e Cloe - o Benfica não terá dificuldade nenhuma para vencer o jogo de forma tranquila. O A-dos-Francos perdeu bastantes jogadoras e a maioria dos reforços vem de escalões inferiores. Nada a temer neste jogo, visto que a obrigação está do lado adversário e tudo o que vier será experiência adquirida para o "seu" campeonato.

Estoril Praia vs Ovarense - os confrontos entre estas duas equipas ditam resultados muito disputados, embora só tenham acontecido por duas vezes. O Estoril venceu 4-3 em casa e foi empatar a zero em Ovar. Embora com algum favoritismo, será um jogo difícil já que a Ovarense é uma equipa que tradicionalmente dá bastante réplica e não se intimida. 

Sporting vs Braga - o jogo dos jogos da jornada. Em quatro jogos na época passada, o melhor que o Sporting conseguiu foi um empate, resultado esse que consagrou o Braga como o novo campeão nacional. Por aqui se vê o quanto estará em jogo. O Sporting estreia equipa técnica, com Susana Cova ao leme, num regresso a casa após já ter representado o clube como jogadora e que assumiu a intenção de jogar para ser campeã. Muita expectativa para ver como será este novo Sporting, que se escondeu o mais possível na pré-época. Do lado do Braga, a mesma vontade para ganhar, mas porque vem de duas derrotas que o abalaram bastante. Perdeu um troféu, a Supertaça para o Benfica, que na época passada já lhe tinha tirado a hipótese de ir à fina da Taça de Portugal, e teve um jogo-pesadelo na quinta-feira frente ao PSG para a UWCL. Do que se pode observar, a equipa não evidencia muita frescura física e tem algumas jogadoras importantes com lesões. No entanto, num jogo desta importância, ambas equipas vão querer ganhar e as fraquezas se tornarão forças, de parte a parte. Jogo que vai ser transmitido pelo Canal 11 e que ninguém quererá perder.

Vamos acompanhar as nossas equipas nos estádios, dar-lhes o apoio de que necessitam, ao mesmo tempo que respeitamos os árbitros e os adversários. O futebol feminino precisa desse respeito para crescer.

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#WePlayStrong

domingo, 8 de setembro de 2019

Supertaça 2019: Braga e Benfica na disputa

imagem: FPF ©️

Começa hoje, oficialmente, o calendário competitivo do futebol feminino 2019/2020. 
As épocas iniciam-se com a Supertaça, prova que opõe o vencedor da Liga ao da Taça de Portugal.
Mercê da construção de uma super equipa, o Benfica apesar de ter estado no Campeonato de Promoção, conseguiu chegar à final da Taça de Portugal e vencê-la. Para isso derrotou copiosamente o Braga, no jogo da 2ª mão das meias finais na casa do adversário, ficando com o caminho facilitado para a vitória final, frente a um Valadares muito esforçado mas insuficiente para uma equipa que é profissional e treina todos os dias com melhores condições. 
O jogo de hoje, para além deste pequeno grande pormenor de dar a possibilidade ao Braga de tentar corrigir a imagem deixada naquela 2ª mão, é disputado com um Benfica já reforçado e de pleno direito na Liga maior de Portugal. 
Será um jogo que, agora mais ainda, poderá pender para qualquer um dos emblemas. 
Poderá dizer-se que o Braga está mais rodado e com outro ritmo, mercê da participação vitoriosa na fase de grupos da UWCL, e isso poderá de facto dar alguma vantagem, já que o Benfica fez uma pré-época com adversários mais fracos. Nos entanto, a chamada de seis jogadoras à selecção A para a viagem aos EUA, com a chegada a ocorrer um dia depois da data FIFA, já quinta-feira, pode trazer alguns constrangimentos ao desempenho da equipa, que terão que lidar também com o jet lag. 
No entanto, nada disto terá importância quando o apito da árbitra soar e a bola começar a rolar. 
Na mente de todas as jogadoras, do Braga e do Benfica, estará só um pensamento: vencer. Se para isso tiver que haver mais sacrifício, acredito que nenhuma se negará a esse esforço. 
O jogo será realizado em Tondela e pela primeira vez terá entradas pagas, a um preço simbólico de um euro, e a receita reverterá para obras de carácter social da região. Uma boa política para os jogos do futebol feminino.
Para quem não possa ir ao estádio, pode acompanhar no Canal 11 a partir das 18h45m. 
Que seja um grande início de época, um grande jogo de futebol e uma festa cheia de fair play nas bancadas do estádio, já que dentro de campo no feminino isso é mais habitual. 

#RespondeEmCampo
#DeixaJogar
#WePlayStrong

sexta-feira, 21 de junho de 2019

O grande desafio de Jéssica Silva

Créditos fotográficos: Olympique Lyonnais

Portugal, este pequeno país com uma média de 5000 jogadoras federadas, vai ter na época 2019/2020 quatro jogadoras em quatro clubes de topo mundial. Um feito incrível, atendendo ao número de praticantes e ao facto de se trabalhar com o intuito do seu aumento há menos de uma década.
Mais incrível é, quando se passa de duas para quatro em menos de um fechar de olhos. Cláudia Neto e Dolores Silva, no Wolfsburg e Atlético de Madrid, já eram emigrantes de luxo. Seguiu-se a Matilde Fidalgo neste final de época para o Manchester City e a grande novidade muito recentemente, questão de dias, da ida da Jéssica Silva para o Olympique Lyonnnais, mais conhecido entre nós só por Lyon.
Lyon, a equipa a que todas as jogadoras gostariam de pertencer. De dimensão galáctica, recheada de internacionais de todos os lados. O onze da selecção francesa tem habitualmente entre sete a oito jogadoras do Lyon, onde impera também uma das estrelas da selecção alemã, outra da selecção holandesa... enfim, uma equipa que é uma verdadeira constelação de estrelas.
E é aí, nesse quase Olimpo do futebol feminino, que vai entrar uma jogadora portuguesa. 
Alta, magra, de velocidade estonteante e um drible tão irreverente quanto imprevisível, capaz de “partir os rins” à experiente Wendie Renard logo na primeira jogada do primeiro treino, eis a Jéssica . Eis o seu cartão de visita. Eis as características pelas quais é tão conhecida e aplaudida. 
Mas... será isso suficiente para conquistar um lugar na equipa do Lyon? Claramente, não! Até porque a linha avançada do Lyon é fortíssima. 
O grande desafio que se impõe à Jessica, e que naturalmente ela estará bem alertada  para ele, ou não tivesse um empresário alemão, conhecido pela sua eficácia tanto quanto pelo seu pragmatismo, será mudar o paradigma do seu futebol. 
Mudança essa que não implica abdicar daquilo em que é mais forte, mas que, só por si, não chega. Não chega, sequer, para a titularidade na selecção portuguesa. 
Às suas características naturais, a Jéssica terá de acrescentar um maior compromisso com os objectivos da equipa, melhorar a capacidade de decisão sempre que tem a posse de bola, e que nem sempre é dar um nó à adversária, aceitar o estrelato das colegas, viver com a pressão de estar no melhor do mundo, entre muitos outros desafios.
Aos 24 anos tudo pode mudar, para muito melhor, na sua carreira. O salto é gigante, o desafio imenso, mas a recompensa será directamente proporcional.
E o melhor de tudo é que não será só a Jéssica a ganhar. Será a imagem do futebol feminino português e a selecção nacional. 
Les jeux sont faits! 
Bonne chance, Jéssica! 


sábado, 11 de maio de 2019

Liga BPI - finalizar em modo cruzeiro




A última jornada da Liga BPI desta época decorrerá sem grandes expectativas de mudança. Embora da 4ª posição à 8ª possa haver alterações, não trarão nada de significativo às equipas. Já todas estão em modo "férias", tirando o Valadares que ainda tem a final da Taça para disputar no próximo dia 18 frente ao Benfica.
Vejamos quais os confrontos:


Valadares vs Ovarense - a equipa de Gaia já só pensa na final. E se a sua treinadora, Mara Vieira, conseguirá estar presente, visto ter sido mãe há cerca de uma semana. Ainda assim, deverá ser suficiente para ganhar à Ovarense, frente a um treinador que conhece bem os cantos à casa. Poderá ser a motivação extra para a equipa de Ovar ir brigar pela vitória.

Vilaverdense vs Braga - um Vilaverdense já na segunda e um Braga já campeão. Pouco a dizer. Será um jogo desequilibrado, naturalmente, mas não se deverá esperar grande desempenho. As de Braga já só pensam em férias e no depois das férias, ou seja a Liga dos Campeões. Salvo erro só Matilde Fidalgo já lá esteve, portanto a expectativa será enorme para as jogadoras.

Boavista vs Estoril Praia - o Boavista parece ter despertado, agora que já não há nada a fazer, a não ser lutar pelo orgulho de cair de pé. No ultimo fim de semana foi empatar a casa do Fofó e amanhã deverá querer despedir-se da competição máxima com algum brio. O Estoril não será o adversário mais favorável para isso, já que tem sempre marcado e tem um ataque bastante forte.

Clube de Albergaria vs Futebol Benfica - jogo já repetido por imensas vezes e imensas épocas. Um clássico do futebol feminino português. Clube de Albergaria deverá querer ganhar para esperar o deslize do Estoril e alcançar o 4º lugar. Quanto ao Fofó, parece já estar em fase de descompressão. Empatou em casa na jornada passada e amanhã terá de arregaçar as mangas para vencer. Não será certamente um grande jogo, com muita qualidade, mas com alguma luta, ainda assim.

Sporting vs A-dos-Francos - um jogo com muito ruído à volta da equipa da casa. Desde os posts da ex-directora até às notícias da saída do treinador, Nuno Cristovão, tudo a contribuir para que a equipa não acabe em sossego esta época tão penalizante para todos. O adversário não deverá causar grande abalo, mas ainda assim a equipa de A-dos-Francos, pequena localidade perto de Óbidos e Caldas da Rainha, talvez queira deixar uma boa imagem para quem for ver o jogo. E jogar na Academia, frente ao Sporting, é sempre uma motivação extra para qualquer jogadora não profissional. 

Ouriense vs Marítimo - com duas derrotas seguidas o Ouriense, no final de uma época que prometeu muito quando iniciou, quererá ganhar frente ao seu público, fiel e barulhento. O Marítimo, num confortável 7º lugar, espreita subir um degrau, e para isso irá jogar com toda a sua determinação, característica que as acompanhou toda a época. Jogo bastante equilibrado. 

Fica terminada a Liga BPI desta época. Mais equilibrada em relação à anterior, mas ainda com muito para crescer. 
Boas férias a todos, equipas e arbitragem e que as férias tragam energia suficiente para fazermos todos melhor na próxima época.

terça-feira, 7 de maio de 2019

Quo vadis, Sporting?


Quando tudo o que havia para conquistar nesta época já está ganho ou, não estando, o Sporting não está na luta - caso da Taça de Portugal, a questão impõe-se.

Interrompeu-se o ciclo vitorioso de cinco troféus nacionais consecutivos, conquista essa que o Futebol Benfica já tinha logrado alcançar. 

O equilíbrio será cada vez maior entre as equipas nacionais e os ciclos vitoriosos terão tendência a ser cada vez mais curtos, para bem da divulgação e promoção da modalidade. Perdeu, portanto, o Sporting uma ocasião de estabelecer um novo record.

Mas o que terá perdido mais?

Numa primeira análise percebe-se que foi perdendo gás, ao longo destes três anos. A equipa alegre da primeira época foi dando lugar a uma mais lenta, com um futebol cada vez menos atractivo. Apesar disso, foi na segunda época que teve uma maior facilidade em ser campeã. Muito por força dos seus talentos individuais, porque o Braga não conseguiu impor-se e as outras equipas não conseguem, ainda, fazer grande mossa a estas equipas profissionais.

Esta época foi o canto do cisne. A incerteza directiva do início de época trouxe alguma insegurança. E em duas penadas perdem dois objectivos: tentar passar a fase de grupos da Champions, por uma unha negra, sejamos justos, e a Supertaça. 

Tem de haver uma análise muito minuciosa quanto à composição do plantel e estrutura técnica, quando se ganha tudo em duas épocas. A saturação é uma coisa frequente nas equipas femininas, porque as mulheres precisam de projectos que as motivem. 

Houve claramente ao longo deste tempo uma falta de liderança consolidada, uma simbiose entre departamento e equipa técnica, e quando assim é não há projecto que resista. 

O Sporting precisa de gente nova, que areje o status quo da equipa sénior, sob pena de ficar a marcar passo mais uma época. Sendo que com a entrada mais do que certa do Benfica na Liga BPI, as dificuldades irão aumentar. 

Há matéria prima para o projecto do futebol feminino do Sporting continuar vivo e bem vivo, tanto nas seniores como na formação. E certamente não deixará de haver quem queira assumir a responsabilidade dos seus destinos.
 
Para bem do futebol feminino desejo que assim seja! 
 

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Liga BPI - glória ao (inédito) vencedor

Sporting Clube de Braga
Vencedor da Liga BPI 2018/2019

Na penúltima jornada houve campeão. Um novo campeão.
 
O Sporting de Braga, ao fim do terceiro ano do seu projecto ambicioso para o futebol feminino, conseguiu impedir o tri do Sporting e conquistar a Liga BPI.
 
Quando a época começou, envolta em algum secretismo na constituição do plantel, e o Braga disputou a Supertaça com o Sporting, e venceu, logo aí se percebeu que este poderia muito bem vir a ser o ano bracarense.
 
Uma época exuberante, cheia de resultados volumosos, que ia aguçando o apetite e a vontade de vencer. 103 golos marcados e 6 sofridos foram os números que deram um título.

Quando em Dezembro conquista a vitória no terreno do Sporting por 0-2, era consensual de que dificilmente este troféu lhe iria escapar - a gritante diferença entre as equipas profissionais dá para fazer essas contas.
 
Ontem, sem grande brilhantismo, conseguiu impedir a vitória do Sporting, garantindo a conquista a uma jornada do fim.
 
Não há essa questão do merecimento, quando se fala de campeões. Todos os campeões são merecedores, porque é assim que se tem de encarar o desporto. O que pode haver são equipas que mereciam não perder, mas como só pode haver um vencedor, quem ganha merece sempre ganhar! E nem o afastamento da Taça de Portugal, com derrota em casa com o Benfica, ofusca o brilho deste título.
 
Um destaque especial para Vanessa Marques, a capitã do Braga. 23 anos de puro talento e maturidade competitiva, é ela a figura da equipa. A juntar ao título colectivo, está à beira de se sagrar a melhor marcadora da Liga BPI - nada mau para uma média.

Glória às jogadoras do Braga, honra às do Sporting!